Brasileirão Valorant 2024: Horários e Participantes
67 12:37, 1 abril 2024 13:37, 1 abril 2024 Tipsta

Brasileirão Valorant 2024: Horários e Participantes

Em meio a crises e desbandada de times, o VCB 2024 segue firme

O Brasil é o maior mercado de Esports da América Latina, e também é casa de muitos dos fanáticos do gênero. Cada vez mais jovens brasileiros veem os jogos online como uma forma de escapar da pobreza, visto que esse mercado tem se tornado cada vez mais lucrativo para jogadores profissionais, o que resulta em um cenário cada vez mais promissor para times e patrocinadores da área. As empresas mais bem colocadas no mercado hoje são a Riot Games e a Garena, que contam com operações já bem estabelecidas no Brasil. 

Esports ainda não são considerados esportes oficiais pelo judiciário brasileiro, pois ainda não existe uma lei dedicada exclusivamente para o gênero e seus atletas, porém, desde 2017 há um esforço por parte das autoridades e dos empresários, em buscar a legalização. De qualquer forma, trata-se de um processo lento, principalmente por conta da necessidade em “educar” gerações anteriores, de que os esports não são somente uma forma de entretenimento, mas também uma modalidade esportiva onde times e jogadores competem entre si em campeonatos super concorridos. 

Segue abaixo alguns dos mais importantes campeonatos e ligas de Esports do Brasil:

  • Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL)
  • Campeonato Brasileiro Rainbow Six Siege
  • Circuito Brasileiro de Counter-Strike (CBCS)
  • Copa Elite Six
  • Dota Pro Circuit South America (DPC SA)
  • ESL One Belo Horizonte
  • Free Fire Pro League Brazil (LBFF)
  • Champion of Champions Tour Brazil

⚔️ O fenômeno Valorant no Brasil 

Por muitos anos no país, o jogo League of Legends (LoL) da Riot Games, imperou como um dos games online mais populares, trazendo diversão para milhares de jovens e adultos. Após tamanho sucesso, a empresa decidiu apostar em outro gênero de jogo, que também tem uma aceitação muito forte no mercado, os First-Person Shooter (FPS), ou jogos de tiro em primeira pessoa, traduzido para o português. 

Assim, a desenvolvedora apresentou o game Valorant, um jogo tático jogado em primeira pessoa. A dinâmica do jogo consiste em duas equipes (5 contra 5), separadas nos lados do Atacante e Defensor. O papel do Atacante é plantar a “Spike” no mapa, que se trata de uma bomba que tem como fonte de poder a Radianita, e por sua vez, o Defensor precisa impedir que o artefato seja plantado no solo e o outro lado seja vencedor. De forma geral, a equipe vencedora precisa ganhar 13 rodadas, mesmo se houver um empate de 12 a 12. Se o empate persistir, o jogo deve ser decidido em uma prorrogação, que coroa como equipe vencedora, a que vencer dois rounds primeiro. 

Para muitos jogadores, o diferencial do jogo Valorant é a gama de estratégias que os personagens do game podem utilizar, pois há uma vasta lista de habilidades e classes que os mesmos podem executar em seus planos em equipe. Além disso, outro ponto positivo é o uso do sistema Vanguard anti-fraude, o que torna difícil quaisquer tipos de fraudes que possam ser feitas pelos jogadores, garantindo um ambiente competitivo e sadio para os aficionados pelo jogo. 

🧐 Requisitos para rodar Valorant

De acordo com o site Globo Esporte, estes são os requisitos técnicos que precisam ser alcançados pelos jogadores interessados em disputar partidas do game:

  • Configuração mínima (30 FPS)

Processador: Intel Core 2 Duo E8400 / AMD Athlon 200GE

Placa de vídeo: Intel HD 4000 / AMD Radeon R5 200

  • Configuração recomendada (60 FPS)

Processador: Intel Core i3-4150 / Ryzen 3 1200

Placa de vídeo: NVIDIA GeForce GT 730 / AMD Radeon R7 240

  • Configuração high end (144+ FPS)

Processador: Intel Core i5-9400F / AMD Ryzen 2600X

Placa de vídeo: NVIDIA GeForce GTX 1050 Ti / AMD Radeon R7 370

  • Recomendações de PC

Memória RAM: 4GB

Memória de vídeo: 1GB

Sistema operacional: Windows 10 (Build 17134+) / Windows 11 64 bits

⚔️ Valorant Challengers Brasil (VCB) 2024

Diante do sucesso inicial do game no Brasil, desde 2021, a Riot Games vem investindo em competições nacionais para engajar cada vez mais o seu público. Os campeonatos Challengers que ocorrem no país, promovem os campeões para o Ascension, que posteriormente classifica as equipes vencedoras para a liga internacional - Américas, EMEA e Pacífico. Já no torneio internacional, os times classificados disputam entre si por vagas para as principais competições globais, tais como Masters e Champions. 

Em meados do ano passado, a Riot Games anunciou mudanças e novas regras para o Campeonato Brasileiro de Valorant de 2024. Dentre as mudanças está a extensão da janela de transferências, que antes durava até fevereiro e este ano, terá uma duração de mais de 10 meses. Portanto, tal período iniciou no dia 11 de setembro de 2023 e termina somente no dia 15 de Julho deste ano, já em meio ao campeonato. Outras importantes mudanças foram referentes ao número de jogadores no elenco, antes somente seis (cinco titulares e um reserva) podiam participar, agora equipes com cinco atletas serão aceitas; e a ampliação do elenco de reserva, com até cinco, ao invés de quatro, jogadores no banco.

🆘 Crise da Riot Games com equipes 

A temporada 2023 foi bastante criticada pelas equipes, que se sentiram pouco valorizadas pelos organizadores do campeonato, o que gerou uma evasão grande de times, desistindo de participar do VCB 2024. Algumas das equipes que desistiram do torneio são a Liberty, Legacy e ODDIK. 

“A ODDIK optou por não estar mais no cenário de Valorant por conta de como a modalidade vem sendo tratada no Brasil. Nós já sabíamos que a Riot iria priorizar as franquias, mas não em detrimento do cenário local, como vem acontecendo”, afirmou Vicenzzo Mandetta, gerente geral da ODDIK. 

O Head global de esports do Valorant, Leo Faria, é apontado como a principal razão por trás da crise que se instalou, devido aos seus comentários acerca do cenário regional em detrimento dos campeonatos internacionais. Segundo ele, a Riot Games enxerga o VCB como um celeiro de possíveis jogadores para os grandes campeonatos, um “degrau” para a disputa de torneios do circuito principal. Com razão, tais comentários despertaram a ira das equipes que levam o campeonato a sério, e que pretendiam investir no torneio. A saída das equipes culminou na retirada da Riot como organizadora do campeonato, deixando a tarefa para uma desenvolvedora parceira, a Gamers Club. 

✅ Equipes classificadas 

A primeira etapa do VCB 2024 começou no dia 14 de fevereiro, e continuará até o dia 04 de abril, no formato online. Nesta primeira fase, as dez equipes jogam entre si em turno único, e as quatro melhores colocadas na tabela de classificação, irão avançar para a fase dos playoffs.

  • Legacy
  • 2Game Esports
  • Galorys
  • RED Canids Kalunga
  • Stellae Gaming
  • TBK Esports
  • OLIMPO
  • Hero Base
  • XLD Gaming
  • CO-OP

Após oito semanas de disputas, as equipes no topo da tabela até o momento são as seguintes:

  • 2Game Esports, 7 vitórias e 1 derrota 
  • RED Canids Kalunga, 6 vitórias e 2 derrotas
  • Hero Base, 5 vitórias e 3 derrotas 
  • Galorys, 5 vitórias e 3 derrotas 

⚔️ Próximos confrontos 

  • 04/04 Galorys x Stellae Gaming 
  • 04/04 RED Canids Kalunga x TBK Esports
  • 04/04 Hero Base x XLD Gaming
  • 05/04 OLIMPO x 2Game Esports
  • 05/04 CO-OP x Legacy

Ao fim desta primeira etapa, os times que terminarem dos 5º ao 8º lugares disputarão uma nova fase, a de entrada. Nessa fase de entrada, eles jogarão entre si, em eliminação dupla, por duas vagas para a fase eliminatória. Esta fase contará com seis equipes, que se enfrentarão em eliminação dupla, sendo que os dois melhores colocados na primeira etapa irão diretamente disputar a semifinal da chave superior. A final da chave superior, a semifinal, a final da chave inferior e a grande final, serão todas disputadas presencialmente no estúdio da Riot em São Paulo.