Previsão para o jogo Central Córdoba x Boca Juniors 19/05/24
7 22:49, 15 maio 2024 Tipsta

Previsão para o jogo Central Córdoba x Boca Juniors 19/05/24

Boca vai em busca de sua primeira vitória na Liga.

No próximo dia 19 de maio, o futebol argentino viverá a segunda jornada da Liga Profissional, e como parte dela, teremos o confronto entre Central Córdoba e Boca Juniors no Estádio Alfredo Terrera, localizado na cidade de Santiago del Estero. Os anfitriões tiveram um início de calendário muito difícil, enfrentando os dois melhores times do país. Os bosteros foram derrotados na primeira rodada pelo Atlético Tucumán.

O único antecedente no torneio para o Central Córdoba foi uma derrota para o River Plate por 3-0. Desde o início do jogo, foram completamente dominados por seus adversários, que tomaram as rédeas do jogo, mostrando uma superioridade que se refletiu no placar. O destaque do jogo foi Facundo Colidio, muito determinante com dois gols. Ezequiel Barco encerrou a noite com um golaço que consolidou a goleada contra os cordobeses. O jogo foi condicionado pela expulsão precoce de Santiago Laquidaín no minuto 24.

O Boca, por sua vez, teve um jogo difícil que perdeu por 1-0, continuando suas recentes atuações fora de casa, que têm deixado muito a desejar. Exceto pelos últimos 15 minutos, onde a equipe se viu forçada a buscar o empate, o Boca mostrou uma preocupante falta de ideias. A velocidade dos atacantes de Tucumán colocou em cheque a última linha do Boca em várias ocasiões. Sergio Romero, o goleiro do Boca, teve uma noite difícil, enfrentando situações de gol que, em outro contexto, poderiam ter ampliado a vantagem da equipe local. O gol dos vencedores foi marcado por Mateo Coronel.

⚔️ Confrontos Pessoais

No histórico de confrontos, cordobeses e xeneizes se enfrentaram apenas 7 vezes, com amplo domínio para os de Buenos Aires.

  • 3 gols marcados e 1 única vitória para o Central Córdoba (na liga).
  • 1 empate
  • 19 gols a favor e 5 vitórias para o Boca Juniors (2 na liga e 3 na Copa da Liga).

A última vez que se encontraram foi na Copa da Liga em 14 de fevereiro de 2024, quando os bosteros venceram na La Bobonero por 2-0, com gols de Miguel Merentiel e Kevin Zenón, um jogo onde não tiveram muitos problemas para conseguir a vitória.

🦶 Possíveis Escalações

Central Córdoba: L. Ingolotti, O. Garrido, B. Leizza, S. Valdez, I. Galván, K. Vázquez, R. Atencio, W. Montoya, M. Sanabria, T. Nuss e T. Molina.

Boca Juniors: S. Romero, L. Advíncula, J. Figal, C. Lema, L. Blanco, M. Delgado, C. Medina, E. Fernández, F. Fabra, L. Langoni e M. Merentiel.

📋 Análise das Estatísticas (apenas Copa da Liga)

*Como apenas uma rodada da Liga foi disputada, consideraremos o que aconteceu na Copa da Liga.

Central Córdoba:

Torneio discreto: Terminaram em 12º lugar no Grupo B (de 14 possíveis). Entre todos os participantes da Copa da Liga, foram o quinto time que menos pontuou, o que os obriga a melhorar seus resultados na Liga se não quiserem correr riscos de rebaixamento. No total, obtiveram 2 vitórias, 5 empates e 7 derrotas. Nos primeiros meses de 2024, demonstraram muitos problemas para controlar os jogos, ineficácia no ataque e fragilidade defensiva. Agora, no início da liga, tiveram o início que toda equipe argentina gostaria de evitar: enfrentaram River e Boca, os dois gigantes do futebol nacional.

Ataque ineficaz: Marcaram apenas 10 vezes. A falta de precisão tem sido um problema, como demonstra o baixo número de gols por partida (0.7) e a alta quantidade de chances claras desperdiçadas (1.2). Além disso, com os problemas de geração ofensiva que têm, não foram capazes de explorar o chute de média e longa distância como recurso alternativo, todas as suas anotações foram dentro da área. A posse de bola foi ligeiramente inferior a 50%, o que indica dificuldade em manter o controle do jogo. Os passes completados por partida mostram uma precisão de 74.1%. Os principais artilheiros da equipe foram Florián Monzón, Oscar Garrido e Tomás Molina, todos com 2 gols.

Problemas defensivos: Apesar de terem mantido o gol zerado em 4 jogos, os 20 gols sofridos (1.4 por jogo) refletem a realidade de uma equipe muito vulnerável na defesa. Realizaram em média 17.9 entradas por partida, 9.4 interceptações e 18.4 afastamentos, além disso, o goleiro Ingolotti fez uma média de 3 defesas por jogo. Um aspecto preocupante são os 3 erros que resultam em chutes ao gol e o mesmo número de falhas que resultam em gol, apenas cometeram um pênalti, mas não o sofreram. Em relação aos duelos, o Central Córdoba vence 50.4 duelos por jogo, com 46% de sucesso, e 39.1 duelos no chão ganhos, com 46.8% de sucesso.

Boca Juniors:

Torneio irregular: Apesar de ter caído nas semifinais, seu desempenho na fase regular foi instável. Durante grande parte do torneio, estiveram fora da zona de classificação e entraram em 4º lugar após um bom fechamento. Depois, nas quartas de final, superaram magistralmente o River Plate, seu maior rival, para depois perder nos pênaltis para o Estudiantes, evidenciando os problemas que têm arrastado há muito tempo: a falta de gols nos jogos complicados. Contra o Atlético Tucumán, também mostraram isso na abertura da Liga Profissional.

Bons números no ataque: Foram os 3ºs maiores marcadores, com 20 na fase de grupos. No total, marcaram 24 em todo o torneio, somando os 3 contra o River e outro contra o Estudiantes, para uma média de 1.5 gols por partida. Geraram 3.2 chances claras por partida, das quais falharam em 2. Além disso, mantiveram a posse de bola em 54%. Miguel Merentiel e Edison Cavani foram seus principais artilheiros, com 7 gols cada.

Sólidos atrás: Conseguiram manter o gol zerado em 5 ocasiões e concederam 0.9 gols por partida, totalizando 15 (12 na fase de grupos e 3 nas eliminatórias). Realizaram, em média, 16.6 entradas e 8.4 interceptações e 16.3 afastamentos. Por outro lado, tiveram um alto número de 55.2 bolas recuperadas por jogo, cometeram 2 pênaltis e um erro que resultou em gol.

🔥 Nenhum dos dois clubes marcou em seu primeiro jogo da liga.

🔥 O Central Córdoba está há três jogos consecutivos sem marcar.

🔥 Em média, o Central Córdoba marca 1.14 quando joga em casa e o Boca Juniors marca 1.18 quando joga como visitante.

Possíveis Apostas de Acordo com as Estatísticas

Menos de 2.5 gols: considerando que o Boca Juniors tem uma média de 1.5 gols por partida e o Central Córdoba de 0.7 gols por partida, juntamente com o fato de o Boca Juniors ter sofrido 15 gols em 16 partidas e o Central Córdoba ter sofrido 20 gols em 14 partidas, é possível que vejamos poucos gols durante o jogo.

Vencedor da partida: Boca Juniors. O Boca parece ter um desempenho mais sólido tanto no ataque quanto na defesa, com uma média de gols a favor mais alta e menos gols sofridos em comparação com o Central Córdoba. Além disso, manteve o gol zerado em mais ocasiões.

Mais de 8.5 escanteios. Considerando que o Boca tem uma média de 4.8 escanteios por partida e o Central Córdoba 3.6, é muito provável que vejamos algumas jogadas de bola parada.