Previsão para o jogo Chelsea x Tottenham 02/05/24
18 21:03, 29 abril 2024 21:48, 29 abril 2024 Tipsta

Previsão para o jogo Chelsea x Tottenham 02/05/24

Um derbi decisivo pela disputa pelas posições europeias.

No próximo dia 2 de maio, os fãs de futebol inglês testemunharão um dos confrontos mais aguardados da Premier League: o Chelsea FC contra o Tottenham Hotspur FC. Este clássico londrino não é apenas mais um jogo no calendário; é uma batalha para garantir três pontos cruciais para não cair na disputa pela classificação para os lugares europeus.

Stamford Bridge será o cenário deste emocionante encontro, onde os blues, sob a direção de Mauricio Pochettino, buscarão não se distanciar ainda mais de West Ham, Newcastle e Manchester United, seus rivais imediatos para entrar em alguma competição continental na próxima temporada. Por sua vez, os Spurs também chegam desesperados por pontos para não se distanciarem na disputa que mantêm desde o início da temporada, com o Aston Villa, pela 4ª e última vaga de acesso à Champions League.

Por outro lado, na rodada anterior o Chelsea empatou em 2 a 2 com o Aston Villa, em um jogo onde tiveram que remar contra a maré e conseguiram o empate com gols de Madueke (´62) e Connor Gallagher (´81). Com este, são 4 os jogos consecutivos em que a equipe não consegue a vitória como visitante.

O Tottenham vem de uma derrota em outro clássico londrino, contra o Arsenal. No jogo, foram de menos a mais, começando perdendo no primeiro tempo por 0-3 e na segunda metade ameaçaram alcançar um feito. Gols de Cristian Romero (O Cuti), no minuto 64, e de Son Heung-Min aos 87, de pênalti, fizeram os torcedores sonharem com a possibilidade de não perder para seu maior rival. O placar não se moveu do 2-3 e eles terão que enfrentar o final da temporada contra equipes como Chelsea, Liverpool ou Manchester City.

⚔️ Confrontos Pessoais

No aspecto histórico, esses clubes da capital inglesa se enfrentaram um total de 175 vezes em competições oficiais, com grande predominância numérica para os azuis.

  • 275 gols a favor e 78 vitórias para o Chelsea (7 na Copa da Liga, 6 na FA Cup, 1 na Championship e 64 na Premier League).
  • 43 empates
  • 242 gols a favor e 55 vitórias para o Tottenham (3 na Copa da Liga, 4 na FA Cup, 1 na Championship e 47 na Premier League).

Quanto aos últimos 10 confrontos da liga, também há uma desvantagem para os Spurs, pois perderam 6 jogos, com 2 empates e o mesmo número de vitórias.

🦶 Possíveis Escalações

Chelsea: D. Petrovic, T. Chalobah, T. Silva, B. Badiashile, M. Cucurella, M. Caicedo, C. Gallagher, Madueke, C. Palmer, M. Mudryk e N. Jackson.

Tottenham: G. Vicario, P. Porro, C. Romero, M. van de Ven, B. Davies, R. Betancur, P. Hojberg, D. Kulusevski, J. Maddison, T. Werner e S. Heung-Min.

📋 Análise das Estatísticas (apenas Premier League)

Chelsea:

Ritmo instável: Desde que o clube passou a ser propriedade do grupo de investidores estadunidenses representados por Todd Boehly, a instabilidade tem marcado a instituição nestas duas temporadas. Na atual, embora os resultados tenham melhorado com Mauricio Pochettino, a equipe está em 9º lugar, fora da zona europeia e com 48 pontos.

Cole Palmer: É o melhor jogador da equipe, com ampla diferença. Chegou no início da temporada vindo do Manchester City, previa-se que seria um grande jogador, mas seu desempenho imediato tem sido surpreendente. Na Premier League, marcou 20 gols (um a menos que o líder, Haaland) e fez 9 assistências, totalizando 29 participações diretas em gols. Ou seja, Palmer produz 46% dos gols de sua equipe.

A outra face da moeda: Contraprodutivamente, os outros jogadores que cercam Palmer no ataque não conseguem se destacar. Nomes como Mudryk, Jackson, Madueke ou Nkunku não estiveram à altura do que foi pago por eles. Além disso, o Chelsea marca 1.9 gols por jogo e perde o mesmo número de oportunidades claras por partida. Além disso, acumula quase 60% de posse de bola e realiza, em média, 14.1 chutes.

Defesa frágil: Até 12 equipes permitem menos gols que eles na Premier League, é talvez o ponto mais fraco com goleadas sonoras como a que sofreram recentemente contra o Arsenal por 5-0. Mantiveram a porta zerada em apenas 6 ocasiões e concedem 1.8 gols por partida, quase tantos quanto marcam.

Tottenham:

Boa trajetória: Após uma temporada (2022-2023) fora das competições europeias, os objetivos do clube eram voltar a ficar entre os 7 primeiros da tabela. Durante todo este ano, a equipe tem se mantido na luta pelo top 4, que dá acesso direto à Champions, algo muito meritório tendo em conta que no verão passado perderam Harry Kane, a máxima estrela do elenco e um dos melhores jogadores do mundo. Neste momento, estão em 5º lugar, com 60 pontos, 7 a menos que o Aston Villa, mas com menos jogos.

Son Heung-Min, o novo Kane: O jogador sul-coreano está consolidado na equipe como "segunda espada" há anos. No entanto, agora ele teve que assumir as vezes de máxima referência no ataque e tem feito isso com sobras: é o artilheiro (16) e o maior assistente (9) da equipe.

Ange Postecoglu, gênio: Chegou este ano do Glasgow Celtic, um treinador que propõe um estilo muito atraente, mas que era relativamente desconhecido para o grande público. Desde o início, propôs uma ideia de jogo muito ofensiva e vistosa, assim acalmou as águas agitadas da instituição.

Boa defesa: Apesar das lesões que tiveram na zaga em vários momentos da temporada, são a 6ª equipe menos vazada da Premier. A dupla de zagueiros Romero-van de Ven se consolidou como uma das melhores do torneio, além disso, o goleiro Vicario tem sido uma verdadeira revelação e substituiu de maneira excelente uma figura mítica como Hugo Lloris. Concedem 1.6 gols por partida e ganham 52.8% dos duelos, embora não tenham sido muito eficazes em manter o gol zerado: só conseguiram isso em 6 ocasiões.

Grande ataque: Não apenas brilha nessa faceta Son, outras figuras como Maddison, Kulusekski ou até Richarlison (10 gols) tiveram bom desempenho. Assim como na defesa, são a 6ª equipe mais goleadora do torneio, marcando em média 2 vezes por partida e perdendo apenas 1.5 chances claras criadas. Além disso, realizam mais de 15 chutes ao gol por partida.

🔥 O Tottenham só venceu uma vez em suas últimas 34 visitas ao Stamford Bridge, com 12 empates e 21 derrotas.

🔥 24% dos gols do Chelsea são nos últimos 15 minutos dos jogos. 26% dos gols do Tottenham ocorreram entre o minuto 45 e o 60.

🔥 Chelsea é a equipe com mais pênaltis a favor marcados (12) e a que mais converteu (11).

🔥 Entre as duas equipes, somam 179 cartões amarelos: Chelsea 99 (líder) e Tottenham 80.

Possíveis apostas de acordo com as estatísticas

Vencedor do jogo: Chelsea tem vantagem sobre o Tottenham. Marcaram mais gols no geral e têm uma defesa um pouco mais sólida em termos de gols sofridos por partida. Além disso, possuem uma taxa de posse de bola ligeiramente mais alta e um número significativo de assistências mais alto, sugerindo uma maior fluidez em seu jogo ofensivo.

Quantidade de cartões amarelos Mais de 3.5: Os dois contendores recebem um número considerável de cartões amarelos por partida (3 para o Chelsea e 2.4 para o Tottenham). Além disso, é importante destacar que o Chelsea comete cerca de 12 faltas por partida, contra 11 do Tottenham. Portanto, é provável que vejamos um jogo com muito contato.

Quantidade de gols Mais de 2.5: Ambas as equipes têm uma quantidade relevante de gols marcados, com o Chelsea com média de 1.9 gols por partida e o Tottenham com 2 gols por partida. Além disso, têm uma média de gols sofridos acima de 1 por partida (1.8 para o Chelsea e 1.6 para o Tottenham), sugerindo um alto potencial de um jogo com vários gols.

Da uma olhadinha nos outros jogos da semana:

Bayern x Stuttgart 04/05/24

Torino x Bologna 03/05/24

Luton Town x Everton 03/05/24