Previsão para o jogo River Plate x Belgrano 18/05/24
7 20:54, 14 maio 2024 22:21, 14 maio 2024 Tipsta

Previsão para o jogo River Plate x Belgrano 18/05/24

Joga-se a segunda rodada da Liga Profissional Argentina.

No próximo dia 18 de maio de 2024, o River Plate receberá o Belgrano no Estádio Monumental, como parte da segunda rodada da Liga Profissional Argentina. Os Millonarios vêm de uma vitória sobre o Central Córdoba, enquanto seus rivais conseguiram um empate sensacional contra o Racing.

Por um lado, o River demonstrou por que é uma das equipes mais temidas da Liga Profissional. No último dia 11 de maio, a equipe enfrentou o Central Córdoba em seu primeiro jogo na liga. Desde o início da partida, assumiu o controle do jogo, mostrando uma superioridade que se refletiria no placar final de 3 a 0. A vitória foi fundamentada na destacada atuação de Facundo Colidio, que com dois gols colocou a equipe da casa em vantagem. Mas foi Esequiel Barco quem encerraria a noite com uma obra-prima, um golaço que não apenas garantiu a vitória, mas também enviou uma mensagem clara aos seus críticos.

O jogo também foi marcado pela controvérsia, com um gesto desafiador de Barco para a torcida após seu gol. Este ato foi o epílogo de uma série de atuações questionadas, mas que naquela noite foram deixadas para trás ao demonstrar seu valor em campo. Por outro lado, o técnico Martín Demichelis também foi alvo de vaias, uma resposta a decisões anteriores que haviam gerado descontentamento entre os torcedores.

O Belgrano, sob o comando de Juan Cruz Real, começou com um ímpeto avassalador, marcando o primeiro gol da partida graças a Franco Jara (9´). No entanto, a alegria durou pouco, já que o Racing Club, sob a direção técnica de Gustavo Costas, conseguiu o empate e posteriormente se adiantou no placar com gols de Santiago Sosa, Leonardo Sigali e Roger Martínez, que brilhou com um duplo. Com o placar de 4 a 1, o jogo parecia decidido, mas o futebol é imprevisível, e o Belgrano demonstrou uma resiliência admirável.

Mariano Troilo iniciou a remontada com um gol de cabeça, e foi novamente Franco Jara quem, com uma atuação estelar, marcou mais dois gols, completando um hat-trick que ficará gravado como um dos jogos mais memoráveis desta temporada. O empate final de 4 a 4 é um resultado que, sem dúvida, tem um sabor especial para os celestes, que conseguiram se recuperar de uma desvantagem de três gols.

Também nesta semana:

Vasco x Flamengo 18/05/24

Arsenal x Everton 19/05/24

Inter x Lazio 19/05/24

⚔️ Confrontos Pessoais

No histórico de confrontos, esses clubes se enfrentaram um total de 34 vezes, com um impressionante predomínio do gigantesco River Plate:

  • 65 gols a favor e 20 vitórias para o River Plate (19 na SuperLiga e 1 na Copa da SuperLiga).
  • 8 empates (7 na SuperLiga e 1 na Relegation Primera).
  • 31 gols marcados e 6 vitórias para o Belgrano (5 na SuperLiga e 1 na Relegation Primera).

Quanto aos confrontos recentes, nos últimos 8 anos eles se enfrentaram 6 vezes entre os torneios da liga e da copa. O River venceu 3, empatou 2 e perdeu 2.

🦶 Possíveis Escalações

River: F. Armani, A. Sant´Anna, L. González Pírez, P. Díaz, M. Casco, N. Fonseca, I. Fernández, E. Barco, M. Borja e F. Colidio.

Belgrano: N. Losada, M. Moreno, M. Trilo, A. Baldi, J. Barinaga, G. Heredia, E. Rolón, F. Lenciono, M. Marín, F. González Metilli e F. Jara.

📋 Análise das Estatísticas (apenas Copa da Liga Profissional)

*Como apenas uma rodada da Liga foi disputada, será levado em consideração o que aconteceu na Copa da Liga.

River:

Decepção: Eles foram uma das melhores equipes da fase regular, com 27 pontos e lideraram o grupo A com bastante solidez. No entanto, foram eliminados nas quartas de final pelo seu rival fervoroso, o Boca Juniors, onde perderam por 3 a 2. Talvez fossem os grandes favoritos para conquistar a Copa. No entanto, os comandados por Martín Demichelis são a equipe com melhor desempenho no futebol argentino, tanto em resultados quanto em elenco e nível de jogo.

Ofensiva brilhante: Mostraram uma ofensiva formidável na Copa da Liga de 2024, sendo o time mais goleador da fase regular. No total, marcaram 28 gols em 15 jogos, com média de 1.9 gols por jogo. A eficácia na área adversária se reflete nos 21 gols marcados de dentro da pequena área. Geraram em média 3.9 chances claras por jogo, embora também se destaque que falham em 2.6 dessas oportunidades. Além disso, realizaram em média 16.8 chutes por jogo, com 6.6 deles no alvo. Embora construam o ataque a partir da posse de bola, com 61.5%, uma ofensiva que constantemente busca o gol. Seu artilheiro foi Miguel Borja, com 13 gols.

Melhor defesa do Grupo A: Permitiram apenas 10 gols na fase regular, 13 no torneio de forma geral, com média de 0.9 gols sofridos por jogo. Também realizam em média 18.3 entradas e 8.2 interceptações por jogo e 15.6 afastamentos. Além disso, recuperam 54.8 bolas e tiveram 1 erro que resultou em chute ao gol, outro que resultou em gol e cometeram 1 pênalti, que também resultou em gol sofrido.

Belgrano:

Torneio discreto: Eles não ficam em uma posição tão desconfortável em relação ao rebaixamento, mas foram o décimo quarto entre os 14 times do grupo B. Somaram apenas 14 pontos e nunca tiveram aspirações reais de se classificar para a fase eliminatória. Para a liga, são esperados resultados semelhantes e o objetivo do clube é permanecer o mais longe possível da zona de rebaixamento. Eles conseguiram 3 vitórias, 5 empates e 6 derrotas.

Ofensiva tão boa quanto a defesa ruim: Com 19 gols a favor, foram um dos principais marcadores do torneio, com média de 1.4 por jogo. Geraram 2.4 chances claras por jogo, das quais falharam metade delas (1.2), provocaram 2 pênaltis a favor e completaram 8 contra-ataques. São uma equipe que ataca com um caráter mais reativo, sem dominar a posse de bola, com 48.9%. Realizam 11.3 chutes por jogo e seu artilheiro foi Lucas Passerini, com 6 gols.

No entanto, a defesa foi seu principal obstáculo e a principal razão pela qual ocuparam a parte inferior da tabela. Com 21 gols sofridos, foram o segundo time que mais concedeu gols no Grupo B. Não conseguiram manter o gol zerado, provocaram 2 pênaltis, cometeram 1 erro que resultou em gol do adversário e 2 que resultaram em chutes a gol. A parte positiva é que recuperaram 53 bolas, embora tenham vencido menos da metade dos duelos disputados. Esses problemas foram vistos no primeiro jogo da liga, onde, apesar de marcarem 4 gols, não conseguiram passar do empate.

🔥 Belgrano não vence no Estádio Monumental desde 2012.

🔥 Enfrentam-se o melhor ataque da Copa da Liga contra a pior defesa.

🔥 River Plate marca quase 2 gols por jogo quando joga em casa. Belgrano marca em média menos de um quando joga como visitante.

 Possíveis Apostas de Acordo com as Estatísticas

Vencedor da partida - River: Com uma média de 1.9 gols por jogo e um domínio da posse de bola em 61.5%, o River mostra uma forte capacidade ofensiva e controle do jogo. Além disso, o Belgrano teve dificuldades defensivas, com média de 1.5 gols sofridos por jogo e posse de bola de 48.9%. Essas estatísticas sugerem que o River Plate tem vantagem em termos de ataque e controle do jogo, o que o posiciona como o favorito para a vitória.

Mais de 10.5 chutes a gol: O River registra uma média de 6.6 chutes a gol por jogo, o que indica uma alta eficácia em criar oportunidades de gol. Por outro lado, o Belgrano tem uma média ligeiramente inferior, com 4.3 chutes a gol por jogo. No entanto, isso ainda mostra uma capacidade considerável de ameaçar o gol adversário.

Mais de 3.5 cartões amarelos: Tanto o River quanto o Belgrano têm uma média significativa de cartões amarelos por jogo. O River tem uma média de 2.5 cartões amarelos por jogo, enquanto o Belgrano tem uma média ligeiramente maior de 1.9. Isso sugere que ambas as equipes tendem a jogar de maneira muito mais física.